Prevalência global de infertilidade

As taxas globais de prevalência de infertilidade são difíceis de determinar, devido à presença de fatores masculinos e femininos que complicam qualquer estimativa que pode ser apenas para a mulher e um resultado de um diagnóstico de gravidez ou nascimento.

Novo cálculo de prevalência de infertilidade

Descobriu-se que um em cada quatro casais nos países em desenvolvimento era afetado pela infertilidade , quando uma avaliação das respostas das mulheres em Pesquisas Demográficas e de Saúde de 1990 foi concluída em colaboração com a OMS em 2004.
O fardo continua alto. Um estudo da OMS, publicado no final de 2012, mostrou que a carga geral de infertilidade em mulheres de 190 países permaneceu semelhante em níveis estimados e tendências de 1990 a 2010.

Monitoramento de prevalência de infertilidade

Conforme definido nos Indicadores de Saúde Reprodutiva da OMS, Diretrizes para sua geração, interpretação e análise para monitoramento global , uma fórmula foi determinada para que as nações monitorem a “prevalência de infertilidade em mulheres”.

No entanto, esses dados não são coletados rotineiramente pelas nações, nem são perguntas diretas sobre infertilidade, usando uma definição consistente, coletadas por meio de pesquisas nacionais existentes de saúde reprodutiva. Os dados de prevalência para homens são desconhecidos.

Uma avaliação da OMS de dados de Pesquisas Demográficas e de Saúde (DHS) (2004) estimou que mais de 186 milhões de mulheres já casadas em idade reprodutiva nos países em desenvolvimento mantinham um “desejo de filho”, que se traduz em um em cada quatro casais.

 

infertilidade em casais

Quantas pessoas nos EUA têm infertilidade?

Pergunta simples, certo? Bem, não é tão simples. A cada dia recebemos essa pergunta pela mídia, nossos voluntários e defensores, legisladores e outros, e queremos ter certeza de que o que RESOLVE está declarando é não apenas correto, mas verificável. Portanto, avaliamos as estatísticas disponíveis de fontes confiáveis ​​e queremos analisá-las para você. Antes de fazermos isso, queremos que você pense sobre algo enquanto lê este artigo: Como a comunidade de infertilidade pode desafiar nosso governo a fazer melhor pelas pessoas com infertilidade?Como transformamos todo o jargão estatístico em uma frase de efeito que funcione para os legisladores, a mídia e o público em geral e ajude a promover nossa causa? E podemos, por favor, decidir o que é realmente infertilidade? Se as estatísticas e as definições não forem consistentes entre os nossos órgãos governamentais e as organizações sem fins lucrativos da comunidade, como podemos lutar pelos direitos das pessoas com esta doença?

Em primeiro lugar, a fonte dos dados deve ser confiável e verificável. Idealmente, a fonte é uma entidade governamental ou uma fonte que compila os mesmos dados da mesma maneira ano após ano. A Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar (NSFG) foi criada em 1973 e já foi realizada sete vezes desde então. O NSFG reúne informações sobre a vida familiar, casamento e divórcio, gravidez, infertilidade, uso de anticoncepcionais e saúde de homens e mulheres.

Muitos casais têm usado MAM CAPS como opção para ajudar nesse problema e têm conseguido bons resultados.

Os resultados da pesquisa são usados ​​pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos e outros para planejar serviços de saúde e programas de educação em saúde e para fazer estudos estatísticos de famílias, fertilidade e saúde. O NSFG é administrado pelo National Center of Health Statistics, que passou a fazer parte do CDC na década de 1980. Até onde sabemos, estes são os únicos dados coletados nos Estados Unidos que capturam o número de pessoas que vivem com infertilidade. RESOLVE, junto com muitos outros grupos profissionais e o CDC, decidiu há muitos anos usar os dados do NSFG em nossas comunicações, uma vez que é a fonte de dados mais confiável que existe. Embora o NSFG tenha suas limitações e seja complicado para muitos entender, são os dados que estamos usando atualmente.

A Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) diz que a infertilidade é “ uma doença, definida pelo fracasso em conseguir uma gravidez bem-sucedida após 12 meses ou mais de relação sexual apropriada, sem proteção cronometrada ou inseminação terapêutica com doador ”. Ele prossegue dizendo que a avaliação precoce é garantida após 6 meses em mulheres com mais de 35 anos. O ASRM não define a perda de gravidez recorrente (dois ou mais abortos ou natimortos) como infertilidade.

A Organização Mundial da Saúde afirma que a infertilidade é “ uma doença do sistema reprodutivo definida pelo fracasso em conseguir uma gravidez clínica após 12 meses ou mais de relações sexuais regulares sem proteção ”.

O NSFG relata dois conjuntos de dados diferentes ao relatar a infertilidade. Em primeiro lugar, define infertilidade como ” Quando nem o entrevistado, nem seu marido atual ou parceiro coabitante são estéreis cirurgicamente, uma mulher é definida como infértil no momento da entrevista se, durante os 12 meses anteriores ou mais, ela e seu marido ou parceiro foram continuamente casado ou coabitando, era sexualmente ativo a cada mês, não tinha usado contracepção e não tinha engravidado . ”

Em seguida, o NSFG usa um segundo termo denominado Fecundidade ou Fecundidade Prejudicada que “ descreve a capacidade física (ou com deficiência, a incapacidade) de uma mulher de ter um filho e não simplesmente de conceber uma gravidez. Esta medida é definida para todas as mulheres, independentemente do seu estado de relacionamento . ” As principais diferenças entre ” infertilidade ” e ” fecundidade prejudicada ” é que uma (infertilidade) é geralmente publicada apenas com base em mulheres casadas ou coabitantes e é limitada a problemas de gravidez, e a outra (fecundidade prejudicada) é para todas as mulheres e inclui incapacidade de levar uma gravidez a um nascimento vivo.

Dadas essas duas definições, RESOLVE optou por usar as estatísticas associadas à fecundidade prejudicada, pois acreditamos que a definição está mais de acordo com o que o público em geral vê como “infertilidade” – uma mulher que não pode engravidar ou que não pode carregar uma gravidez a termo. O NSFG inclui uma medida de infertilidade masculina e mostra que 12% dos homens com idades entre 25-44 anos experimentam alguma forma de infertilidade.

 

Dicas para ganhar dinheiro na web

Já pensou que enquanto você está em casa assistindo séries e filmes, ou em salas de bate-papo, muita gente está ganhando dinheiro na web?

Então, em tempos de isolamento, a dica é usar a internet como uma boa ferramenta para complementar a renda familiar ou, até mesmo, fazer dela a principal forma de ganhar dinheiro.

Antes mesmo destes dias que estamos vivendo, muitas pessoas procuravam diariamente aprender formas de como ganhar dinheiro na Internet, agora porém o número de pessoas interessadas nesta forma de renda aumentou de forma explosiva.

E convenhamos, as vantagens são muitas, poder fazer seu próprio horário, trabalhar com roupas confortáveis, fazer pausas sempre que quiser, etc…

Gostou da ideia? Então, confira abaixo algumas sugestões de como ganhar dinheiro pela internet.

Crie um blog

Gosta de escrever? Então, criar um blog pode ser uma boa maneira de você ganhar dinheiro na web. Para isso, é só escolher um assunto interessante, que você ache que vá atrair muita gente, sim, porque essa é uma forma de atrair, também, anunciantes, e garantir uma boa renda. Não se esqueça de caprichar no design e atualizá-lo sempre. Quer garantir ainda mais ganhos? Aproveite seu blog e ganhe também com Google Adsense, afiliados…

Google Adsense

Você pode ganhar dinheiro no seu blog colocando links patrocinados do Google Adsense em seu blog, pois conforme o número de cliques, você vai ganhando dinheiro. No entanto, nesse caso, para ganhar dinheiro, o seu blog precisa ter muitas visitas.

Crie um vlog no Youtube

Você é desinibido? Que tal criar um vlog no Youtube? E vale falar sobre qualquer coisa, mas, claro, de preferência, usando muita criatividade, para que os visitantes voltem sempre ao seu canal.

Também são disponibilizados anúncios, mas só para quem tem mais de 30 mil visualizações nos vídeos, e funciona como o Google Adsense.

Crie conteúdos para Blogs

Se você gosta de escrever mas não quer se preocupar com visitas ou anúncios, apenas receber pelos textos escritos, então, talvez a sua praia seja criar conteúdos para blogs. Muita gente vive disso atualmente, com muitas oções de plataformas contratando profissionais freelancer, como Contentools, 99 freelas, Workana, entre outras, ou mesmo, se preferir, pode entrar em contato direto com os proprietários dos blogs.

Sistema de afiliados

Muita gente têm investido em programas de afiliados, que funciona por meio de indicação de algum produto ao qual se afiliou, e sempre que um visitante de seu blog clicar e realizar a compra, você receberá uma comissão, pela indicação.

Site de Cupons de Desconto

Outra opção é investir em um site de cupons, oferecendo códigos de desconto que podem ser usados na compra de produtos e serviços on-line e, tal como no sistema de afiliados, quando um visitante usar esse código, você receberá uma comissão.

Monte uma loja virtual

As opções para ganhar dinheiro pela internet são muitas, que não cabem em um só artigo, e montar uma loja virtual, claro, não poderia ficar de fora, sabendo montar uma loja bem atrativa, com certeza, os lucros podem surpreender. Inclusive, algumas empresas até lucram mais com loja online do que com a física.

E é isso, lembrando que as opções são infinitas e a criatividade é ainda é a principal chave do sucesso, pois a internet não tem fronteiras, com a possibilidade de se contar com redes sociais, blogs, sites, videoconferências…

Crianças podem ter varizes?

Você sabia que crianças também podem ter varizes? Pois é, muita gente não sabe, por isso mesmo, resolvemos escrever esse artigo. Confira.

Muito comum em adultos de meia idade, idosos e gestantes, o que muito gente não sabe é que as varizes também podem surgir em crianças e adolescentes.

É preciso entender que as varizes nada mais são do que uma modificação daquelas veias que já existiam, aquelas veias azuladas. O que acontece, no entanto, é que algumas pessoas têm a parede dessas veias mais frágeis que, conforme o tempo vai passando, elas podem dilatar, ficando tortuosas. Enfim, as varizes nada mais são que veias fracas.

Causas das varizes em crianças e adolescentes

Já, as causas das veias se tornarem fracas podem ter explicação, principalmente, na genética e hereditariedade, ou seja, quem já tem tendência, com o tempo, vai desenvolvendo essas dilatações venosas

Hoje em dia, felizmente, elas podem ser tratadas com cremes para varizes, Varizero funciona muito bem, se você sofre com o problema, é um ótimo aliado.

Enfim, se um pai tem varizes, provavelmente, o filho terá, e se tanto o pai como a mãe tiverem o problema, aí então, as chances do filho ter são ainda maiores.

Mas, o estilo de vida pode influenciar, e muito, no desenvolvimento das varizes, por exemplo, sedentarismo e obesidade são fatores que podem despertar a genética ou a hereditariedade antes da hora.

Por isso, é muito importante praticar exercícios físicos, manter o peso e levar uma vida mais saudável possível.

Como surgem as varizes

Infelizmente, as crianças e adolescentes não estão livres desse mal, e quando as varizes surgem ainda na adolescência, a causa é, geralmente, a oscilação hormonal.

Assim sendo, tanto o menino ou menina ao entrar na puberdade, podem se deparar com o problema, que fora o estético, nessa idade não apresenta riscos de complicações.

Porém, mesmo não havendo risco de complicações, é preciso que os pais tenham a consciência de que quanto mais cedo tratar, melhores serão os resultados. Hoje já é possível tratar as varizes sem cirurgia e com ótimos resultados.

Isso sem falar no lado psicológico, já que essa fase é muito importante para o desenvolvimento da autoestima.

Por isso, é fundamental os pais se atentarem para um estilo de vida mais saudável, fugindo do consumo excessivo de doces, refrigerantes e fast-food, e praticando exercícios, sendo os mais indicados para quem quer prevenir as varizes: caminhar, correr e pedalar, enfim, atividades simples que podem ser praticadas por qualquer pessoa e em qualquer idade.

Prevenir o problema, através de hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada e o tratamento precoce são fundamentais para garantir a saúde e a beleza das pernas na vida adulta.

Enfim, é fundamental que os pais, ao identificarem qualquer anormalidade nas veias dos filhos, buscar o quanto antes uma avaliação médica para tentar tratar o problema e identificar a causa, descartando, assim, a possibilidade de ser um hemangioma ou má formação vascular.

Dicas para ganhar dinheiro online

Estou aqui para lhe dizer que você também pode – você pode (relativamente rápido) aprender a ganhar dinheiro online.

Nem sempre será fácil, e é claro que você terá que trabalhar duro, superar erros e falhas ao longo do caminho.

Mas aqui está a realidade; a internet abriu tantas possibilidades para as pessoas, independentemente da idade, localização ou formação, para criar um negócio on-line sustentável ou um projeto paralelo que possa ganhar dinheiro extra on-line todos os meses.

como ganhar dinheiro online agora

E como eu disse, experimentei isso em primeira mão.

Nos últimos anos, tenho tido a missão de experimentar as melhores maneiras de criar renda online sustentável e perseguir meus sonhos de trabalho autônomo. E embora eu tenha visto meu quinhão de sucesso, as coisas nem sempre foram fáceis.

Ao longo da minha jornada, lancei quatro negócios online separados . O primeiro eu perdi R$5 mil reais em questão de meses, enquanto eu superestimei completamente o tamanho da audiência no segundo.

Mas depois das minhas duas primeiras falhas tentando ganhar dinheiro online, comecei a descobrir algumas coisas importantes.

Meu próximo negócio autofinanciado atingiu R$ $ 150.000 em receita apenas no primeiro ano. Após a primeira experiência de sucesso, assinei contratos de consultoria no valor de dezenas de milhares de reais com startups lancei cursos on-line lucrativos e ampliei meu blog para mais de 400.000 leitores mensais e R$ 50.000 / mês em renda.

Todos esses altos e baixos me deram uma compreensão clara do que funciona (e do que não funciona) quando se trata de ganhar dinheiro online.

Não há momento melhor do que agora para construir um negócio e ganhar dinheiro online.
Agora, com mais de 3,2 bilhões de pessoas ativamente usando a Internet, estamos em uma enorme transformação na maneira como o mundo faz negócios. Vivemos em uma época em que não há mais limitações no que você pode alcançar com base na localização geográfica ou na falta de recursos financeiros.

Possuir uma conexão com a Internet

Se você possui uma conexão com a Internet e alguns reais na sua conta bancária, há pouco que possa atrapalhar a você ganhar dinheiro extra online.

Existem literalmente centenas de maneiras inteligentes de ganhar dinheiro online. Desde pesquisas on-line, aluguel ou venda de roupas velhas, lançamento do iPhone para alguém em um país diferente e até compra de produtos de baixo custo localmente, apenas para revendê-los por um preço mais alto no Mercado Livre. Não há realmente falta de maneiras únicas de ganhar dinheiro online.

Mas não caia na armadilha de “maneiras fáceis de ganhar dinheiro online”
Parece incrível, certo? Isto é. Mas, antes de mergulharmos, preciso falar com o elefante na sala …

Não existe um esquema rápido de enriquecimento on-line.

A maioria das maneiras “rápidas” e “fáceis” de que as pessoas falam quando se trata de ganhar dinheiro online – não são verdadeiras empresas.

Certamente, alguns deles podem ser bons para criar algumas centenas ou até milhares de dólares em receita única. Mas eles não ajudarão você a liberar a liberdade financeira e a alcançar o controle completo de seu estilo de vida.

Na melhor das hipóteses, são atalhos que não duram para sempre – e muitas das “oportunidades” que a Herbalife, gigante de marketing de rede e outras empresas oferecem, costumam ser uma farsa ou, no mínimo, prejudiciais aos seus relacionamentos pessoais. E eu nunca defenderia isso.

A Internet abriu muitas oportunidades para empresários e trabalhadores com visão de futuro ganharem dinheiro online. Mas também abriu uma concorrência considerável.

Aqui está a dura verdade: As únicas maneiras de ganhar dinheiro online de maneira duradoura envolvem colocar em tempo real, esforço, sangue, suor e lágrimas.
Isso não é para assustar você. Eu simplesmente quero que você saiba que este guia se concentrará apenas em maneiras de obter renda extra real e sustentável online. Não apenas alguns dólares rápidos. Quero compartilhar todos os erros que cometi que me levaram a onde estou agora, para que você não precise passar por eles e possa criar uma fonte de renda on-line bem-sucedida para si mesmo.

Não me interpretem mal, ainda existem muitas oportunidades excelentes de ganhar dinheiro online hoje. É que as idéias mais comuns foram escolhidas muito mais do que há alguns anos atrás. Para se destacar, você precisa ser inteligente, procurar as melhores oportunidades e ser único na maneira como aborda a ganhar dinheiro online. E eu estou aqui para ajudar.

Observe que alguns dos links abaixo são afiliados e, sem nenhum custo adicional, você receberá uma comissão. Saiba que eu só recomendo produtos, ferramentas e recursos de aprendizado que eu pessoalmente usei e acredito serem realmente úteis, não por causa das pequenas comissões que eu faço se você decidir comprá-las. Acima de tudo, nunca defenderia comprar algo que você não pode pagar ou que ainda não está pronto para implementar.

Portanto existem diversas formas de ganhar dinheiro na Internet, algumas mais exploradas, algumas nem tanto. Mas o fato é que se dedicando bastante uma hora dará certo, basta ter persistência e não desistir na primeira falha ou na primeira tentativa.

Maior Erro

Esse é o erro da maioria das pessoas, desistir rápido. Poucas pessoas têm resultados rápidos. logo que iniciam, mas a grande maioria o resultado bem mesmo após meses e não após dias.

Outra dica é se dedicar exclusivamente a uma metodologia ao invés de tentar um pouco de cada.

Dessa forma você se concentra mais na metodologia e dessa forma se especializa, podendo ir mais a fundo no seu negócio online.

Boa sorte e boas vendas!